Maria da Apresentação :: Ovos Moles de Aveiro

Certificação

Certificação


Desde o dia 1 de Julho de 2010 que o doce mais icónico de Aveiro e a marca “Maria da Apresentação Cruz & Herdeiros” passaram a ser vendidos com um selo de qualidade. Desta forma o consumidor passa a ter certeza que está a consumir Ovos Moles genuínos de Aveiro, ou seja que cumprirão todas as exigências estipuladas para a confecção deste doce. Portanto todos os produtores que adulterarem o produto com adições à receita original (ex: Farinha) ou que vendam creme de ovos como se de Ovos Moles se tratasse não resta alternativa senão desistir. Existem outros critérios a ser cumpridos para se obter o selo. Os Ovos tem que ser frescos, originários da zona de Aveiro e as hóstias devem respeitar os formatos previstos.

O País vê assim uma peça do seu Património Cultural reconhecido; os produtores, vêem o seu trabalho compensado e os consumidores passam a ter a certeza do que estão a comer.

Os Ovos Moles de Aveiro são o primeiro produto de doçaria Conventual certificado no espaço comunitário europeu – reforçando assim os “canais de confiança” entre quem produz e quem compra.

As embalagens cerâmicas onde os Ovos Moles são acondicionados, as Caixas de papel e as Barricas em Madeira têm agora o dístico com os símbolos APOMA, União Europeia, Instituição Independente de controlo de Qualidade (que é quem atribuí os dísticos). Esta é uma forma de garantir a “segurança alimentar” e em simultâneo, de combater as falsificações possuindo códigos de barras, séries numéricas.

Rotulagem


Para além do cumprimento da legislação em vigor, quanto à rotulagem de géneros alimentícios, na rotulagem dos Ovos Moles de Aveiro consta obrigatóriamente as seguintes menções:

  • Ovos Moles de Aveiro – Indicação Geográfica;
  • Nome, firma ou denominação social e morada do produtor;
  • Marca de Certificação;
  • Logótipo Comunitário, (IGP);
  • Logótipo dos Ovos Moles de Aveiro.

Na marca de certificação (sob a forma de etiqueta autocolante com holograma estampado) constam obrigatoriamente o nome do produto, o nome do Organismo Privado de Controlo e Certificação (OPC) e o n.º de série que permite rastrear o produto.

Propriedades Físicas


Entende-se por Ovos Moles de Aveiro , o produto obtido pela junção de gema de ovo cru a uma calda de açúcar, seguindo o modo de confecção tradicional.

A sua cor é homogénea, experimentando várias tonalidades entre o amarelo e o laranja, com brilho uniforme e não muito intenso; O aroma é complexo; O Sabor é doce, encontrando-se os sabores a gema de ovo e a açúcar modulados pelo cozimento; A consistência é cremosa, embora consistente; A Textura é uniforme, sem grânulos de açúcar ou de gema de ovo. A presença de pequenos grânulos de açúcar é tolerável ao fim de alguns dias após o fabrico, uma vez que resulta da cristalização do produto.

A hóstia por vezes utilizada para acondicionar os Ovos Moles de Aveiro tem de ser fabricada unicamente a partir de farinha, água e gordura vegetal, segundo receita tradicional e respeitar os modelos e formatos previstos pelo caderno de especificações (peixes, navalheira ou lingueirão, mexilhão, conchas, búzios, barricas, bóia marítima ou garrafa, berbigões, barrica de aduela ou dorna, amêijoas, noz e castanha).

Propriedades Químicas


  • Açúcar 41 % + / – 5 ;
  • Matéria Gorda 17 % + / – 3 ;
  • Água Total 29 % + / – 3 ;
  • Proteína Insolúvel 4, 2 % + / – 1, 1 ;
  • Actividade de Água 0, 864 + / – 0, 026.